Homenagem a Alan Turing

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa

No dia 23 de Junho foi celebrado o centésimo aniversário do nascimento do Alan Turing, matemático, cientista e criptólogo britânico que faleceu aos 42 anos de idade e cuja genialidade ajudou a consolidar alguns conceitos fundamentais para o surgimento dos primeiros computadores e seu trabalho para a inteligência do governo britânico permitiu o desenvolvimento de máquinas especializadas em quebrar a criptografia utilizada pela Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial.

Para celebrar o centenário de seu aniversário, nós do Garoa fizemos um evento especial no sábado dia 30 de junho, que chamamos de Turing 100 anos + 7 dias. Várias pessoas compareceram no evento (cerca de 15, inclusive algumas pessoas que foram no Garoa pela primeira ou segunda vez), que também teve cerveja, batatinha frita (pois pretendíamos usar as embalagens para fazer uma máquina enigma de papel) e pizza.

Enigmadepapel.jpg

Em homenagem a Alan Turing, repetimos a palestra realizada na Virada Hacker sobre o funcionamento da Máquina Enigma - uma palestra criada para explicar alguns conceitos básicos de criptografia a partir do exemplo histórico da Enigma. Nesta palestra discutimos a importância histórica da Segunda Guerra Mundial e das máquinas Enigmas para a evolução da ciência da criptografia, os principais conceitos que permitiram o surgimento destas máquinas (criptografia simétrica, cifras de substituição monoalfabéticas e polialfabéticas, discos de cifragem e rotores) e, após detalhar o funcionamento das Enigmas, comentamos um pouco sobre o esforço para quebrar a criptografia utilizada - incluindo algumas fraquezas que Alan Turing soube explorar. A palestra foi bem interativa, com muitos comentários, perguntas e respostas do pessoal presente.

MontandoEnigmadepapel.jpg

Após a palestra assistimos um pequeno documentário sobre Alan Turing e a quebra da Enigma e montamos um simulador da Enigma feito de papel. O interessante é que, em vez de usar as embalagens de batata frita, acabamos usando as latinhas de cerveja para montar a máquina, pois o diâmetro das latas de cerveja era mais compatível com o tamanho do modelo impresso. Além disso, o interessante é que o modelo que utilizamos foi baseado, na verdade, em uma idéia do próprio Turing, que criou algo similar para explicar o funcionamento da Enigma para seus colegas. Ah, e no final sorteamos uma camiseta entre os presentes.

Se você quiser saber um pouco mais sobre Alan Turing, visite os sites abaixo: