Dúvidas sobre a criação de um hackerspace

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa

Perguntas por Webert Oliveira, por ocasião da articulação do Calango Hacker Clube em Brasília.

Respostas por Pitanga.

Atualizado em maio/2015 por DQ.

Quantas pessoas iniciaram o garoa ?

O Garoa foi iniciado por cerca de 15 pessoas, os associados fundadores.

Quanto foi formado de caixa para inciar as atividades ?

A partir do momento em que decidimos fundar o Garoa (julho/2010, na época não tinha nome), iniciamos um processo de "Chamada para Fundadores". Nesse momento definimos um prazo para o Garoa ter uma sede e começarmos a funcionar e cobrar mensalidades: janeiro de 2011 - na verdade a sede apareceu em setembro, mas ficamos isentos de pagar aluguel até janeiro.

Durante esse processo, cada fundador do Garoa pagaria R$600 a título de "aporte de fundação", que seria usado exclusivamente para equipar o Garoa, e não para aluguel, contas, etc.

Esse valor deveria ser pago ao longo dos 6 meses de incubação, em 6 parcelas, à vista, como o fundador quisesse. Isso não daria nenhum direito especial no futuro além do orgulho de ser um associado fundador. A maioria desses fundadores continuou sendo membro do Garoa após a formalização como Associação, enquanto alguns só contribuíram o aporte de fundação por acreditarem na causa.

Esse aporte de fundação rendeu um caixa de cerca de R$9k, dos quais gastamos menos da metade até o momento.

Quanto os sócios pagam por mês para manter a estrutura ?

Veja em Mensalidades

Como vocês arrecadam para manter a sede?

A nossa filosofia é que a contribuição dos sócios deve ser suficiente para manter o espaço, para não ficarmos dependente de um patrocinador externo (seja pessoal, público ou privado) ou de doações regulares.

Quantos sócios efetivamente pagam esta mensalidade ?

Em fevereiro/2012 éramos cerca de 14 sócios. Hoje (maio/2015) somos cerca de 50, com alguns inadimplentes. Ainda estamos estabilizando o processo de cobranças, então às vezes a coisa fica um pouco bagunçada. A média de receita mensal em 2014 foi de cerca de R$3000 (contando doações). Nosso custo fixo mensal hoje é da ordem de R$2500, fora compras de equipamentos, materiais, ferramentas.

Alguem já desistiu por não gostar do modelo em vigor para o clube ?

Sim. Um dos sócios fundadores desistiu no meio do caminho e retirou seu aporte de fundação por diversas razões.

Quanto custa o uso eventual para quem não é o socio ?

Nada, qualquer pessoa pode e é bem vinda para usar o Garoa para executar seus projetos e participar dos eventos, mesmo que frequentemente, sem pagar. No entanto apenas os sócios podem ter a chave do local. Temos uma caixinha de doações no espaço, mas a contribuição é totalmente voluntária.

Qual o tipo de pessoa juridica que foi criada para dar suporte ao clube ?

O Garoa é uma "pessoa jurídica de direito privado sem fins econômicos". Resumindo, uma associação.

Um ponto importante que queria adicionar aqui é que quem está pensando em fundar um hackerspace não deve se preocupar com isso de início. Primeiro funde o hackerspace e coloque-o para funcionar, depois formalize. Na minha opinião a formalização é importante, pois contratos de aluguel, internet, contas bancárias e compras não precisam (e nem devem) ficar no nome dos membros. Além disso ela consolida as práticas dos processos de gestão e decisão - nosso estatuto, por exemplo, reflete, em grande parte, como funcionamos na prática (diretoria, conselho) e não é apenas um modelão padrão.

Tem contabilidade regular, possui isenção de impostos ?

Pagamos mensalmente para um empresa de contabilidade e nos esforçamos para manter a documentação contábil em ordem. Para obter isenções é preciso se tornar um OSCIP.

Como foram designados os responsaveis por tocar as obrigações rotineiras da pessoa juridica ?

Existe uma diretoria executiva (Presidente, Secretário, Tesoureiro, Diretor de Hardware e Diretor de Software) que é formalmente responsável pelas obrigações mínimas (manter inventário, cadastro de sócios, cobrar mensalidades, manter arquivos) e também é responsável civil pelo Garoa. Essa diretoria não tem nenhum poder especial, apenas responsabilidades. Teoricamente ela é eleita, mas na prática todos os diretores se voluntariaram ao cargo e obtiveram a aprovação dos demais.

Existe também o CMC (Conselho Manda-chuva, composto pelos sócios em dia com as mensalidades), que é quem decide sobre compras de equipamentos, aluguel de espaço, admissão de novos membros, diretrizes gerais do Garoa, etc. O CMC tem pouca ou nenhuma influência sobre projetos e eventos, que são feitos na base da "doocracia".

Existe algum tipo de seguro para as instalações ?

Sim, fizemos um seguro contra incêndios, até mesmo por exigência do contrato de aluguel.

Como são guardados os equipamentos ?

Os equipamentos ficam nas bancadas, estantes e gaveteiros, nada trancado. A sede fica trancada quando não estamos lá. O Diretor de Hardware do Garoa é responsável por cuidar dos equipamentos.

Como é feita a limpeza diaria do local ?

Não é feita rotineiramente. Tentamos ao máximo deixar o espaço limpo, e nisso contamos com a colaboração de todos =]

Em caso de quebra ou queima de algum equipamento do garoa , como é feita a reposição ?

É avaliada caso a caso, normalmente pelo Diretor de Hardware. Já tivemos casos em que equipamentos foram reparados ou substituídos e alguns que, infelizmente, não foram repostos. Nos casos de reparos e substituições isto foi feito usando o caixa do Garoa, arrecadações específicas e doações de equipamentos.

O responsável pelo equipamento no momento da quebra, paga pelo conserto ?

Não tivemos nenhum caso de uma quebra estar ligada diretamente a um responsável. Quando essa situação ocorrer vamos sentar todos e discutir como proceder.

Vocês tem um plano de negócios?

Não temos um "plano de negócios", pois hackerspace não é um negócio.

Como é gerir um hackerspace?

Assim.